Astrofísica de Ondas Gravitacionais

Publicado Por: INPE
Última Modificação: Fev 19, 2020 15h52

A Pesquisa em Ondas Gravitacionais e o Projeto Gráviton

A linha de pesquisa Ondas Gravitacionais (ONG) faz parte da Divisão de Astrofísica (DIDAS) do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE). Apesar de ter de fato iniciado suas atividades no começo dos anos 90, a linha ONG esteve vinculada ao grupo de Cosmologia Observacional da DAS até o segundo semestre de 2002. Nesse ano foi formalizada a criação dessa nova linha de pesquisa, voltada para a Astronomia de Ondas Gravitacionais, pelo Conselho da Divisão de Astrofísica do INPE. A ONG é atualmente composta por astrofísicos teóricos e experimentais que juntos se dedicam à construção e operação de uma antena esférica de ondas gravitacionais; a antena Mario SCHENBERG (Projeto Gráviton). A pesquisa do grupo compreende tanto os aspectos teóricos da emissão de ondas gravitacionais por fontes astrofísicas (como por exemplo, buracos negros e estrelas de nêutrons, além do estudo de teorias de gravitação alternativas à Relatividade Geral), bem como de aspectos experimentais ligados à construção da antena SCHENBERG (como por exemplo, resfriamento de grandes massas a temperaturas próximas de 0 K, sistemas mecânicos de isolamento vibracional, construção de transdutores paramétricos, instrumentação eletrônica, etc.). Além disso, o grupo tem trabalhado no desenvolvimento de um pacote de análise de dados que possibilite o processamento do grande volume de dados que serão gerados quando da entrada em operação da antena SCHENBERG.